Loading

O Autor


Adauto Neves Nasceu aos 24 de fevereiro do ano de 1950 na cidade de Campo Belo, MG as 05 horas de 30 minutos na casa de sua avó materna sendo trazido ao mundo pela parteira da casa a Sinh´Anna velha amiga da minha avó Anita.

Após um breve período passou na mesma casa em que chegou por alguns meses até que viajou com sua mãe para São Paulo para juntas a seu pai onde residia e trabalhava. Como primogênito gozou de todo amor e carinho de seus pais, avós maternos e familiares tendo para si toda a atenção.

Haveria como parte de sua história muitas idas e vindas entre sua terra natal e esta a qual fora trazido para morar.

Com a chegada de outros irmãos acabou voltando inicialmente só com a mãe para sua cidade de origem e posteriormente tendo seu pai novamente juntos morando com a avó materna compartilhando da vida na fazenda e periodicamente na vida urbana da pacata cidade onde residia a família toda.

Pela segunda vez deixa a vida na fazenda com os avós maternos e mudou se com os pais para o Porto dos Mendes onde havia parte da família paternas entre tios e primos visto que os avós paternos não conheceu.

Foi nesta pacata aldeia, um distrito da cidade natal que veio a nascer " vivo" o segundo irmão, dos quatro outros que nasceram bem ao contrário dos outros que devido a complicações sanguíneas não sobreviveram ...


Sou um viajante do tempo, em busca de meus sonhos; na minha caminhada costumo ser alegre... rio, choro, me emociono com o olhar de uma criança, com o brilho do sol, da lua; o cantar dos pássaros. Sou um simples mortal que acredita na imortalidade da essência do Ser, do espírito . .

As coisas que eu gosto? ... são as mais simples que existem.

Gosto de ver o sol nascer, se por...

ver a lua bailar no infinito espaço, e

as estrelas enfeitando o manto negro e majestoso da noite...

(e só de pensar que viemos e iremos ainda para alguma delas,

chega a dar saudade ... !)

Ver o rio correr tranquilo seguindo seu curso sem reclamar, ouvir o sussurro do vento, o som dos pardais ao entardecer, o sorriso de uma criança, a sensualidade feminina, e tantas outras coisas mais que nos rodeiam!

Como eu vejo as pessoas? ... Vejo as todas companheiras de viagem, indo em busca de algo; são viajantes das mais diferentes origens, oriundas de algum lugar do Universo e na maioria das vezes perdidas sem saber para onde irão e o que buscam ! Isto é triste!

Sonhos ? ... sou um eterno sonhador !

" Sei, que n'algum lugar, muito além dos horizontes... nossos sonhos realmente acontecem! "


Vou-me embora para PASARGADA , sonho de todo poeta, ir se embora para Pasárgada,.....


Sinto-me privilegiado possuidor das chaves deste lugar, entretanto, sei que nada vale a pena se não for fruto de nosso próprio esforço...

Do que adianta ser amigo do rei, ter tudo que se imagina e não ser feliz ?

Prefiro seguir meu caminho, colhendo todas as pedras que encontro na estrada e utiliza-las para meu caminhar.


Estudei no seminário dos Missionários Sagrado Coração em Itajubá para onde fui aos 14 anos e posteriormente Escola Apostólica em Pirassununga de onde sai inicio dos anos setenta voltando a casa paterna em São Paulo.

...



PARA QUANDO A NOITE CHEGAR...


Uma estória narrada por quem viveu o dia aguardando

a noite chegar para... sob a luz das estrelas narrar as suas lembranças.